23 de julho de 2017

COMBO BREAKER #005 - Pantera Negra, Thor e Liga da Justiça


Ir a CCXP no final do ano em São Paulo é uma experiência e tanto, mas estar na San Diego Comic Con deve ser algo de explodir a cabeça! Nesse momento o grandioso evento está rolando, e diretamente de lá, trailers inéditos e fresquinhos estão pipocando para todo o mundo. Nesse post especial vou comentar um pouco sobre as minhas impressões dos trailers de PANTERA NEGRA, THOR RAGNAROK e LIGA DA JUSTIÇA


PANTERA NEGRA





Apesar de várias artes promocionais do soberano de Wakanda terem sido lançadas na SDCC, o trailer em si já tinha sido exibido há algum tempo antes do evento.

O que eu achei?



Conheço muito pouco da história do personagem Pantera Negra criado pela dupla Stan Lee e Jack Kirby, exceto que ele surgiu numa história do Quarteto Fantástico (desafiando o grupo inteiro na cara e na coragem) e que mais tarde ele viria a fazer parte dos Vingadores. Li muitas histórias do personagem já fazendo parte das fileiras dos Maiores Heróis da Terra, mas pouquíssimas aventuras solo dele. Uma que li e recomendo é a que recontou a origem do Pantera escrita por Reginald Hudlin e desenhada por John Romita Jr. lançada já nos anos 2000. 

Mas o que tem a ver o cu com as calças?



Tem que olhando o trailer eu percebi que, tirando o próprio Pantera e o Ulysses Klaw (Andy Serkis), eu não sou capaz de reconhecer MAIS NENHUM personagem ali, ou mesmo criar uma relação de suas aparências com a das HQs. Seja como for, isso não piora ou melhora o trailer, que de todos os últimos lançamentos eu achei o mais morno de todos.

A mitologia em cima de Wakanda é muito bem utilizada, tratando-a como uma espécie de lenda "nunca vi nem comi, só ouvi falar". Toda essa mística sobre a nação deve criar um interesse do governo americano em conquistar essa nação, o que pode gerar um conflito diplomático interessante na história, mais ou menos como acontece no enredo escrito por Reginald Hudlin que já mencionei. 



As cenas de ação parecem muito pouco orgânicas, muito ensaiadinhas e o CGI continua sendo usado em momentos ruins. A primeira aparição do Pantera Negra em Capitão América 3 foi justamente o contrário. O personagem parecia ser um profundo conhecedor das artes marciais africanas de Wakanda e fez o Bucky (Sebastian Stan) suar em um combate corpo a corpo. Mesmo sem seu traje de vibranium à prova de balas, o ator Chadwick Boseman na pele de seu T'Challa conseguia nos fazer acreditar que ele manjava de combate direto, e isso ficou pouco claro nesse trailer.


A trilha sonora é muito boa e todo o visual tecnológico de Wakanda é de cair o queixo. Embora pouco tenha sido mostrado nesse primeiro trailer, é possível que Pantera Negra seja um dos filmes mais diferentes da Marvel Studios e que valha a pena mergulharmos fundo nessa aventura selvagem protagonizada pelo primeiro personagem negro relevante da Marvel. Que ele traga a representatividade negra aos cinemas que o filme da Mulher Maravilha trouxe às mulheres. Lacra tudo, Pantera!

O filme dirigido por Ryan Coogler estreia em Fevereiro de 2018.



THOR RAGNAROK


Considerem todos os 15 (16? sei lá! perdi as contas!) filmes da Marvel Studios até hoje e respondam sinceramente: Qual foi o filme mais fraco de todos?

Eu tenho uma leve implicância com o filme do Homem Formiga por considerá-lo engraçadinho demais (mas demais da conta mesmo) e com o Doutor Estranho, que se tornou pra mim o filme mais ESQUECÍVEL de todos esses com super-heróis, mas muita gente irá descordar de mim e falar que o primeiro Thor (dirigido por Kenneth Branagh) é o filme mais fraco do MCU. Thor 2, dirigido por Alan Taylor tem momentos muito marcantes, mas consegue ser ainda mais genérico que seu antecessor, o que dá a Thor 3 uma responsabilidade DESGRAÇADA de recuperar a franquia, já que aqueles que o precederam não servem para mais nada além de apresentar o personagem e fazê-lo se juntar a história das joias do infinito que vai ser o mote principal de Vingadores 3 - Guerra Infinita



Dirigido por Taika Waititi (de Uma Fuga para a Liberdade), Thor Ragnarok tem um clima muito louco de anos 70, com cores berrantes e músicas que parecem ter saído da trilha de Guardiões da Galáxia. Aliás, olhando com calma o trailer, é bem fácil fazer algumas relações com os filmes de James Gunn, desde o clima "espacial", as criaturas alienígenas e até aos letreiros, o que não deve espantar ninguém, já que o Grão Mestre (Jeff Goldblum), personagem que faz parte do elenco de Thor faz uma pequena aparição nos créditos finais de Guardiões da Galáxia 2, dançando com o restante dos personagens do filme. 

Diferente de Pantera Negra, o trailer de Thor Ragnarok traz elementos muito empolgantes que criam uma expectativa muito grande, que antes mesmo dele ser lançado NÃO EXISTIA, já que ninguém se importava com o loiro do martelo nos cinemas. 



Mas Rodman, o trailer é todo engraçadinho, e você criticou o Homem Formiga por ele ser muito engraçadinho. Você está se contradizendo, seu pau no cu do caralho!

Não é problema o filme não se levar a sério, meu problema com Homem Formiga é que os coadjuvantes ficam querendo ser engraçadinhos o tempo todo e isso não acrescenta em NADA na história, diferente da interação do Thor com o Hulk (Mark Rufallo) em Ragnarok, por exemplo. Os dois ficarem se sacaneando faz parte da relação deles desde o começo. Ambos se acham os mais fortes do mundo e querem provar isso o tempo todo um ao outro, o que vai criar situações muito engraçadas no filme. 



O clima de "Planeta Hulk" deve ser um dos momentos mais épicos de Ragnarok, mas todo o restante do enredo envolvendo a Hela (Cate Blanchett maravilhosa no papel) e a destruição de Asgard deve explodir algumas cabeças no cinema. Muitos pontos me chamaram a atenção nesse trailer, mas em especial a forma como vão usar o Hulk para encarar o que há de pior em Asgard, como o Fenris (o lobo gigante) e o próprio SURTUR ao final do trailer. Além desses personagens, a Valquíria (Thessa Thompson), o Executor (Karl Urban) e a volta de Heimdall (Idris Elba) e de Loki (Tom Hiddleston) também vão fazer desse elenco um dos mais estelares dos filmes da Marvel... antes claro, de Guerra Infinita. Vale lembrar que Benedict Cumberbatch está cotado para aparecer em Ragnarok, embora não tenha dado as caras no trailer 2. O Thor fez aparição numa das cenas pós-crédito do filme do Doutor Estranho, e provavelmente os elementos místicos envolvidos farão necessárias a presença do mago supremo. 



Não estava, mas depois desse segundo trailer, estou pelo menos curioso para ver Thor Ragnarok. O filme estreia em Outubro de 2017.

LIGA DA JUSTIÇA



O segundo trailer de Liga da Justiça era regado de piadinhas e cenas de ação lotadas de CGI (comentei aqui sobre ele), mas esse terceiro trailer trouxe um pouco mais de seriedade a coisa toda. A chegada do Lobo da Estepe (ainda acho esse nome escroto!) traz uma sensação de "Agora fodeu" ao planeta, e como citado no próprio trailer "Não há protetores aqui. Não há Lanternas. Não há kryptonianos. Esse mundo irá cair" a Terra parece desguarnecida após a morte do Superman, o que faz necessária mais do que nunca a união da Liga da Justiça. 



São vários os pontos interessantes nesse trailer, e até mesmo a citação a "Lanternas" nos faz conjecturar várias coisas: Teria havido algum Lanterna Verde da Terra? E se houve, o que teria acontecido com ele?

Ao mesmo tempo que esse novo DCU nos faz entender que o Superman foi o primeiro meta-humano a dar as caras na Terra, é bem difícil de acreditar nisso, já que a citação ao Lanterna Verde, a aparição da Mulher Maravilha na Primeira Guerra Mundial e a existência do Aquaman contestam isso. Seja como for, é colocado no trailer que o Superman "era um exemplo para o mundo" e que ele não só salvava pessoas, mas que também as inspirava. Pensando seriamente nisso... Lembrando de Man of Steel e Batman V Superman, alguém pode dizer com certeza que tenha visto isso acontecer praticamente nos filmes? Essa é a lembrança do Superman clássico dos quadrinhos, mas ele nunca foi mostrado assim na telona! Engraçado que se lembrem dele dessa forma só porque morreu. É o famoso "morreu, virei fã"!



O clima do trailer inteiro é o de "somos a Liga da Justiça, mas claramente não somos suficientes para deter a ameaça representada pelo Lobo da Estepe e seus parademônios", e isso fica bem explícito nas falas do Aquaman de "vamos todos morrer" e do Batman, à pergunta do Comissário Gordon "quantos vocês são?", "não o suficiente". No meio do trailer vemos Bruce Wayne a olhar desolado para uma espécie de holograma do Superman e ao final do trailer... TARAAAAMMMM! Alguém de capa vermelha surge na Batcaverna e parece deixar o Alfred surpreso: "Ele disse que você viria. Vamos torcer para que não seja tarde!". 

É O SUPERMAN, CARALHO!!

(Seria muito frustrante que não fosse e eles colocassem, sei lá... o Tornado Vermelho ali para salvar o dia! HEHEHEHEHE!)



É impressionante que mesmo depois de um filme todo cagado como Batman V Superman a gente ainda tenha esperanças de ver algo bom saindo da mente maligna de Zack Snyder. Mesmo com alguns dedos dele em Mulher Maravilha o filme da Princesa Amazona foi o melhor filme do DCU, e temos que torcer muito para que Joss Whedon tenha tido chances de ter influenciado alguma coisa nesse filme e impedido ele de ser OUTRO desastre. O trailer pelo menos é bem empolgante. 

Liga da Justiça estreia em Novembro de 2017.

NAMASTE!   

Um comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...